31 de jan de 2014

Conheça a banda The Strypes!


Uma das minhas melhores descobertas de 2013, a banda irlandesa The Strypes formada por Ross Farrelly (vocal e gaita), Josh McClorey (teclado, guitarra e vocal), Pete O’Hanlon (baixo e gaita) e Evan Walsh (bateria) com idade entre 16 e 18 anos (!), conquistou muita gente com seu som que lembra o rock dos anos 60.



A banda que já foi comparada com os Beatles e Rolling Stones (exagerado? Maybe)lançou em 2012 um EP (de covers) entitulado Young, Gifted & Blue (clique para ouvir o EP completo) e conseguiu ótimas críticas com o cover da música You Can't Judge A Book By The Cover (Bo Diddley) que se tornou um sucesso nas rádios irlandesas.


A banda recebeu vários elogios de gente como Noel GallagherCarl Barat e, em especial, Elton John que se impressionou tanto com os garotos que acabou contratando eles para sua gravadora. No final de 2012, a The Strypes assinou contrato com outra gravadora, a Mercury Records, pela qual no ano seguinte lançaram seu single de estréia, Blue Collar Jane, que teve uma reação positiva da mídia.
Em setembro de 2013, foi lançado o álbum de estréia da banda, Snapshot, que foi produzido pelo produtor musical Chris Thomas (Beatles e Sex Pistols).


(Não deixe de ouvir Hometown Girls e Mistery Man!)

Além do cover de You Can't Judge A Book By The Cover (adoro essa apresentação da música), a banda tem outros covers fantásticos pela internet! Confira esse de (Get Your Kicks On) Route 66:


Páginas oficiais da banda: | site | facebook | twitter |
 (fonte, fonte)
O que acharam da The Strypes? Comentem!

30 de jan de 2014

Sleeping With A Friend by Neon Trees

Depois de Animal, Everybody Talks e Lessons In Love (All Day, All Night), a banda norte-americana Neon Trees acaba de lançar seu novo single, Sleeping With A Friend, que é tão viciante quanto os anteriores. A música faz parte do terceiro álbum de estúdio da banda entitulado Pop Psychology que tem previsão de lançamento para dia 22 de abril desse ano. Confira:

29 de jan de 2014

Tell The World by Eric Hutchinson

Conheci o trabalho do Eric Hutchinson em 2012 e me apaixonei por seu álbum Moving Up Living Down (que vocês são obrigados à ouvir!). Para minha total alegria, Eric anunciou que iria lançar um novo álbum esse ano e o primeiro single, Tell The World, acaba de sair! Confira:
Tell The World é single do álbum Pure Fiction de Eric Hutchinson que está previsto para lançar dia 8 de abril de 2014.

28 de jan de 2014

Conheça a American Authors!

American Authors é uma banda americana de indie rock que eu encontrei por acaso no youtube. O quarteto - Zac Barnett (vocal e guitarra), James Adam Shelley (guitarra e banjo), Dave Rublin (baixo) e Matt Sanchez (bateria) - se conheceu em 2006 na Berklee College of Music - a maior faculdade de música conteporânea do mundo - em Boston, onde eles passaram os primeiros anos de banda sob o nome de The Blue Pages e em 2010, eles se mudaram para o Broklyn.


Em 2012, eles mudaram o nome para American Authors e seu single de estréia, Believer, chamou a atenção de muitas rádios de rock alternativo. Seu segundo single, Best Day of My Life, foi trilha sonora de várias propagandas, como por exemplo da Lowe's e Hyundai. Em janeiro de 2013, eles assinaram contrato com a Mercury Records. Em agosto do mesmo ano, lançou o seu debut EP com cinco faixas que leva o nome da banda como título.


(Não deixem de conferir a "dog version" do vídeo!)

Esse ano, a banda vai sair em turnê nos EUA com as bandas OneRepublic e The Script na Native Summer Tour.
Páginas da banda: | site | facebook | twitter |
 O que acharam? Comentem!

27 de jan de 2014

Livro: Ouro, Fogo & Megabytes

Anderson Coelho é um garoto de 12 anos do interior de Minas Gerais que não se dá muito bem nas atividades físicas mas que na vida virtual - onde é conhecido como Shadow Hunter - é simplesmente o segundo melhor no ranking geral dos jogadores do MMORPG*  Battle of Asgorath (BoA), perdendo apenas para um misterioso jogador denominado Esmagossauro.
Após levar uma suspensão da aula de Educação Física, Anderson se vê encrencado em ter que contar para os pais o que havia acontecido mas, ao chegar em casa, ele se depara com uma visita inesperada de um homem em miniatura de terno branco. José da Silva Santos - ou simplesmente Zé - havia convencido os pais de Anderson que o garoto iria participar de um campeonato de Matemática em São Paulo - mas Anderson sabia que isso não era verdade: o anão já havia entrado em contato com ele anteriormente querendo oferecer algum tipo de serviço mas o menino havia se recusado plenamente em aceitar. Porém, os pais haviam sido convencidos, o serviço que deveria fazer cobriria os dias de suspensão de Anderson - o que poderia dar errado? Mal sabia ele que tudo poderia dar errado - e é assim que a história começa!
O livro foi uma indicação do Davi (confira a resenha dele aqui) que me deixou super curiosa para conhecer o trabalho do Felipe. Demorei um pouco para comprar mas finalmente tomei vergonha na cara e adquiri os dois primeiros volumes da série de uma só vez - os dois livros estavam/estão saindo por R$39,90 no Submarino!  - e só posso dizer que foi uma das mais agradáveis leituras que fiz em muito tempo.
Logo nas primeiras páginas nos deparamos com um Glossário onde o Shadow Hunter coloca algumas termos e gírias típicas do universo geek e gamer juntamente com as definições que são simplesmente hilárias.  No começo, achei que a leitura seria um tanto cansativa devido ao fato de não entender tão bem de jogos mas não houve nenhuma dificuldade - aliás, o próprio autor diz que é péssimo nesses jogos de computador e videogame (tirando Super Mario Kart).
Anderson Coelho é um protagonista muito bacana de se acompanhar. Por se tratar de um livro infanto-juvenil, esperava encontrar um personagem que fosse um tanto infantilizado mas o mineirinho se mostra o contrário disso: é inteligente, determinado e bem maduro para a idade. Além dele, OF&M é recheado de outros milhares de personagens legais - a maioria deles (ok, 99% deles) sendo figuras folclóricas: Saci, lobisomem, sereia, Boto...
Quando era criança, acordava todo dia de manhã para assistir Sítio do Picapau Amarelo e na hora do almoço, assistia à um programa da Cultura onde uma preguiça contava histórias, sendo a maioria sobre mitos do folclore. É engraçado pensar que muito antes de conhecer a mitologia egípcia, romana e grega - pelas quais eu sou apaixonada - eu já tinha uma enorme base sobre seres mitológicos mas, por ter perdido o contato com esse universo quando cresci, elas acabaram por esquecidas em minha memória mas durante a leitura pude relembrar todo esse mundo de uma maneira diferente e descontraída.
Além dessa parte das figuras folclóricas, o livro tem como ponto importante as questões ambientais, onde empresários se preocupam muito mais com seus ganhos do que com as consequências de suas ações para a natureza; e também sociais, quanto a manipulação feita pela mídia e a desigualdade social.
Acho que já está bem óbvio mas não custa nada dizer que eu super recomendo o livro! Apesar dessa parte mais educacional, eu não diria que seja um livro indicado somente para crianças - se você não tiver preconceito com livros infanto-juvenis, vai descobrir que Ouro, Fogo & Megabytes é uma leitura rápida, cheia de humor, ação, com personagens divertidos e ilustrações magníficas.


* "Multi Massive Online Role Playing Game. Em uma tradução abrasileirada mais aproximada: Jogo Online Multimassivo de Interpretação de Papéis. É, o "Online" é melhor nem traduzir. O MMORPG não passa de um RPG em versão eletrônica, adaptado para que MUITAS pessoas joguem ao mesmo tempo, em diversos lugares do mundo. [...]" - retirado do Glossário do livro.

PS: estou aceitando a Kuara e a Capivera de presente! O Chris também serve! (risos)
Ouro, Fogo & Megabytes é o primeiro livro da série O Legado Folclórico escrito pelo Felipe Castilho e é publicado pela editora Gutenberg. O segundo volume - Prata, Terra & Lua Cheia - foi publicado em 2013.

26 de jan de 2014

PLAYLIST: Counting Stars (covers)

Counting Stars é faixa do álbum Native (2013) da banda OneRepublic e é com certeza uma das minhas favoritas da banda. Depois de encontrar vários covers fantásticos da música, resolvi fazer uma playlist com meus favoritos! Espero que gostem (:

Alex Goot, Kurt Schneider & Chrissy Costanza


Haley Klinkhammer


Simply Three


Esmee Denters


Jake Coco Corey Gray & Alexi Blue




23 de jan de 2014

Diário de uma Bookaholic: Marcadores

NOTA: essa é a primeira postagem da nova - e primeira - coluna do Breakfast At Midnight (YAAAAAY \o/) então me sinto na obrigação de explicar sobre o que vou falar aqui: Diário de uma Bookaholic vai ser uma coluna onde vou contar um pouco sobre minha vida literária; como por exemplo como organizo minha estante, manias, livros favoritos, marcadores (que aliás é o tema desse primeiro post!), entre muitos outros assuntos que só quem é viciado em livros entende - mas que você, meu caro "não leitor", pode gostar também! Divirta-se! (:
Acho que já deu para perceber que eu amo marcadores, não é? (risos) Não sei exatamente quando comecei a fazer a coleção mas hoje eles são uma das minhas paixões.

"Por que raios você coleciona essas coisas?" Bom, além de muitos deles serem lindos, eu tenho um sério problema para lembrar das coisas, então, se caso eu precisasse parar a leitura por algum motivo e tivesse que fechar o livro, iria demorar meio século para achar a página de novo! "Mas você pode usar qualquer coisa para fazer isso!" Acredite, eu já vi gente marcar os livros com tudo - desde notebook à casca de banana! - mas acho que isso não é o mais aconselhável à se fazer (e se você precisar usar o celular que está marcando o livro?) porque, dependendo do que for, pode estragar o livro e isso não é bacana.

Sei que tem gente louca para sugerir usar a orelha do livro ou dobrar o canto da página e a resposta é: NÃO. Tenho aflição só de olhar para essas situações - eu sei que é muito comum - porque fazer isso só estraga o visual dos livros (sou chata mas fazer o que?).
Mas de onde eu tiro tanto marcador? A maior parte deles eu ganho/pego em livrarias como a SaraivaFnac e Livraria Cultura que fazem marcadores para divulgar a loja (e os lançamentos de livros, no caso da Saraiva); outros eu pego em eventos literários como o Clube do Livro Ribeirão (vou fazer um post para falar sobre o Clube!)Feira do Livro e (em 2012) Bienal do Livro; alguns eu ganhei de presente ou em promoções e outros... na cara de pau

Ok, deixa eu explicar melhor isso! Sabe aqueles marcadores lindos que as editoras fazem (que deixa qualquer um louco para ter!) para mandar para blogs/sites parceiros sortearem e essas coisas? Então, eu já sabendo que tenho muito azar com promoções (nem tanto porque já ganhei duas!) resolvi arriscar pedir marcadores diretamente para as editoras e... elas me mandaram! Mas já vou avisando que nem toda editora manda marcadores e as que mandam demoram um pouquinho para enviar (imaginem se um monte de gente pedir! Elas não dariam conta da demanda!).

Outra forma que algumas editoras adotaram (pelo o que eu sei, a Seguinte) foi a de você enviar um envelope dentro de outro para a editora com todos os dados necessários para que só precisassem colocar os marcadores dentro e enviarem. É uma maneira bem mais prática e acho que outras editoras também poderiam usar. Vale ressaltar que as editoras não tem obrigação nenhuma de enviar os marcadores mas as que mandam acabam ganhando divulgação e conquistando os leitores também.
Na foto acima, você pode ver alguns marcadores que o Grupo Editorial Record me enviou (aliás, foi por causa disso que resolvi escrever essa postagem!) que demoraram alguns meses para chegar mas valeu à pena a espera porque são incríveis! Além da Record, quem me enviou também um monte de marcadores foi a Novo Conceito que é um amor com todo mundo que manda mensagem pra lá (não tem foto porque já faz um tempo que me enviaram =/).

Uma ideia legal é você mesmo fazer seus próprios marcadores. Você pode fazer com fotos (sabe aquelas tiradas em cabines que ficam em forma de tira? Dá para montar um desses em programas como o PhotoScape); desenhos; dobraduras; colagens; entre muitas outras opções (ideias não faltam internet à fora!). Se tiver talento com programa de edição (photoshop), dá para montar os marcadores e depois mandar imprimir em gráficas - um exemplo disso, é esse marcador do livro Sábado à Noite (Babi Dewet)!

Outra opção - que eu super aprovei - é a de imprimir os marcadores que a página do Mundo dos Marca Páginas faz: eles são daqueles de canto de página e são muito fáceis de se fazer.

Espero que tenham gostado desse primeiro post do Diário de uma Bookaholic! Desculpe-me por ter ficado enorme mas juro que vou tentar me controlar da próxima vez!

Você também coleciona marcadores? Tem algum favorito? Onde arrumam os seus? Comente!

22 de jan de 2014

Sherlock Holmes ♥


"Quem aqui é Sherlock Holmes?"


Esse vai ser um post um tanto diferente mas só por essa foto linda aqui em cima já vale à pena! Como vocês já devem ter notado, eu simplesmente amo Sherlock Holmes e o meu "fangirlismos" (acabei de inventar essa palavra mas acho que deu para entender) está a flor da pele esse mês. Além dessa foto dos meus Sherlocks favoritos juntos - Robert Downey Jr. e Benedict Cumberbatch ♥ - eu decidi realizar um dos meus desejos de muito tempo: comprar o box dos livros de Arthur Conan Doyle! E resolvi compartilhar isso aqui com vocês!


Para quem não sabe, a Zahar dividiu as obras de Sherlock Holmes em dois boxes: o primeiro são cinco volumes com contos e o segundo são quatro livros com os romances. Escolhi comprar o segundo box porque... ele estava mais barato quando fui comprar (pois é, pois é). Enfim, os romances são: Um Estudo em Vermelho (o meu favorito), O Signo dos Quatro, O Cão dos Baskerville e O Vale do Medo. Achei a edição muito bem feita e estou louca para poder ler os livros - e comprar os contos também, claro!


Meu fanatismo pelas histórias do detetive começaram em 2010, quando minha professora de português passou para a turma ler Um Estudo em Vermelho. Na época eu ainda não era tão facinada pela leitura mas ainda sim o livro me conquistou! A edição era uma da Melhoramento, adaptada para crianças e com uma capa um tanto assustadora (risos).
Mais ou menos na mesma época, havia saído o primeiro filme de Sherlock Holmes com o Robert Downey Jr. no papel principal com Jude Law interpretando o Dr. Watson e... sério mesmo que eu preciso dizer mais alguma coisa? Mais pontos para a Grifinória meu amor por SH aumentasse.
Depois de um tempo (não sei dizer exatamente quando), durante uma das minhas várias horas que perdia olhando posts do tumblr, conheci uma série britânica chamada Sherlock. Se você também tem uma conta no site, com toda certeza já se deparou com pelo menos um gif do seriado...




Ok, vocês já entenderam! (risos) Bem, fui atrás para assistir o seriado e me apaixonei! Com Benedict Cumberbatch e Martin Freeman nos papéis principais, a série da BBC conquistou um grande público com a grande química que existe entre o casal os dois. Depois de dois anos de espera, a terceira temporada do seriado foi finalmente ao ar e só posso dizer que está maravilhosa e claro que isso me deixou maluca para uma quarta temporada. Para vocês terem uma ideia, depois que terminei de ver o último episódio fiquei totalmente carente por mais Sherlock e então decidi comprar os livros!


Eu sei, John, eu sei...

Só queria compartilhar um momento fangirl aqui então se você leu o post inteiro OBRIGADA! ♥

Não, eu ainda não vi a série Elementary mas muito provavelmente vou atrás para ver! Além disso, quero muito ver a versão com Basil Rathbone porque, enfim, ele é O Sherlock Holmes! (risos) Vocês também gostam de Sherlock Holmes? Qual é o seu favorito? Comente!

21 de jan de 2014

Conheça a banda MisterWives!

Conheça MisterWives, trio nova-iorquino com um som contagiante!

Sou muito "inquieta" quando o assunto é música e por essa razão, sempre estou procurando por novas bandas para escutar. Alguns dias atrás, estava procurando por alguns álbuns no iTunes e acabei topando com um EP entitulado Reflections (2014) que possuia uma capa muito bonita e que me deixou curiosa para conhecer o som da banda - e não é que eu gostei?

MisterWives é uma banda indie-pop formada pelo trio Etienne Bowler (bateria), Mandy Lee (vocal e teclado) e William Hehir (baixo) todos de Nova York, EUA, e o EP Reflection é seu primeiro trabalho de estúdio. 

Escute o EP completo:


Antes do lançamento do EP, a MisterWives já havia lançado sua primeira música de trabalho, Lullaby, que ganhou clipe. Confira:



Não deixe de conferir também um remix incrível da música Coffins feito pelo Pegboard Nerds e esse cover maravilhoso feito pela Mandy em parceria com o Boyce Avenue da música Stay, da Rihanna.
Páginas da banda: | site oficial | Facebook | Twitter | soundcloud
O que acharam? Comente!

20 de jan de 2014

Livro: A Queda dos Cinco

Fiquei um pouco em dúvida se devia escrever sobre este livro já que é o quarto de uma série mas resolvi que vale à pena comentar. Acho que vale ressaltar antes de mais nada que Os Legados de Lorien não é uma das minhas séries favoritas - não levem isso pelo lado pejorativo, apenas existem séries que eu gosto mais - mas enfim, vamos ao que realmente interessa: o que achei de A Queda dos Cinco?
Devo começar falando que, logo de cara, um dos personagens que mais gosto da série - Sam Goode - é um dos narradores da vez. Para quem já leu os livros anteriores (Eu Sou o Número QuatroO Poder dos Seis e A Ascensão dos Nove), sabe que todos eles foram narrados apenas pelos lorienos e ver um humano narrar é algo para se comemorar, já que temos uma outra perspectiva do que está acontecendo. É interessante ver como Sam se sente com tudo isso - afinal, não é muito comum que pessoas convivam com alienígenas - e o quanto ele se esforça para dar conta do recado. Além disso tudo, precisa lidar com o reaparecimento de seu pai, Malcolm Goode que têm muito o que contar...
John/Quatro está muito melhor nesse livro do que nos anteriores. Apenas para recapitular minha opinião sobre ele nos outros livros: no primeiro ele é uma graça mas nos outros dois livros John estava me deixando enraivecida com sua chatice. Mas voltando ao presente, John me parece bem mais maduro nesse livro e agora vejo o quanto ele é um verdadeiro líder para a Garde. Ainda temos a parte irritante dele - mais conhecida como "namoro com Sarah Hart" - mas nesse livro é agradável ver os dois juntos. 
Sarah está bem mais interessante nesse livro, não mais uma pobre humana indefesa e se mostra uma personagem com personalidade forte que está disposta à fazer de tudo para ajudar. Também algo que me chamou a atenção foi que tanto ela quanto Sam recebem um maior destaque nesse livro mostrando que os humanos também são parte essencial para a batalha contra os mogs.
Dou destaque também para a pequena Ella. No livro anterior - Ascensão dos Nove - temos uma prova do quanto ela é poderosa e que possivelmente é a chave para derrotar Setrákus Ra mas em A Queda dos Cinco vemos que seu papel é bem maior que isso (nota: eu ainda estou chocada com as revelações sobre Ella!)
Não há muito o que dizer sobre os outros personagens: Seis (eu amo essa garota/loriena!) continua sendo a durona de sempre; Marina (não me acostumo em chamá-la de Sete) está determinada a treinar e aperfeiçoar seus legados; Oito continua meio bobo (mas é impossível não simpatizar com ele) e Nove ainda é o mesmo cara marrento (que eu adoro!) só que duas vezes mais irritante. Além deles, também conhecemos o lorieno que faltava - Cinco - que é um cara bem estranho e Adam que apesar de aparecer pouco na história (apenas duas vezes!) já se mostra um personagem importante para o que vêm por aí.
A Queda dos Cinco é provavelmente o livro que eu mais gostei da série até agora, cheio de ação e momentos emocionantes. Mesmo não sendo uma das minhas favoritas, Os Legados de Lorien chama a atenção por lidar com alienígenas, o que é diferente do que estamos acostumados - vampiros, zumbis, anjos etc - e também pelo autor que soube muito bem nos encaminhar pela história, sempre com um gancho aos finais dos livros que fazem qualquer um ficar extremamente curioso com o que vai acontecer à seguir. Preciso dizer mais alguma coisa para convencer você à ler a série?
A Queda dos Cinco é o quarto livro da série Os Legados de Lorien escrito pelo pseudônomio de Pittacus Lore e é publicado aqui no Brasil pela Intrínseca.

19 de jan de 2014

Goodness Gracious by Ellie Goulding

Não sou lá muito fã da Ellie Goulding nem nada mas algumas de suas músicas simplesmente me conquistaram - e Goodness Gracious é uma delas. O vídeo da música foi lançado no começo do mês  com todas suas cores, dancinhas esquisitas e alegria que é a cara do verão!


Goodness Gracious é single do álbum Halcyon Days, lançado no ano passado.

17 de jan de 2014

[DIVULGAÇÃO] promoção do baralho de FRIENDS


Só passando aqui rapidinho para divulgar uma super promoção que está rolando no site do Da5vi (o 5 é mudo)! Está vendo esse baralho MARAVILHOSO de Friends? Então, você pode ganhar um desses! É só entrar aqui no site do Da5vi e participar (aproveita e dá uma conferida nos outros posts também que são super bacanas viu, Davi, eu sou legal com você)

"E que a sorte esteja sempre à seu favor!" XD

16 de jan de 2014

Livro: A Menina que Roubava Livros


Depois de muito relutar em ler, finalmente me rendi ao livro A Menina que Roubava Livros. Como disse nesse post, achei que a história de Liesel Meminger era superestimada - de acordo com o Skoob, mais de 116 mil pessoas já leram o livro! - e por isso nunca dei muita atenção para ela. No entanto, quando vi o trailer do filme, fiquei encantada pelo enredo e resolvi dar uma chance ao livro - e posso dizer que não me arrependi nem um pouco de ter lido.
Algo que me chamou a atenção foi o fato de ser narrado pela Morte. De início, fiquei surpresa por não ser a Liesel à narrar mas depois você percebe que não existiria uma melhor "pessoa" para essa função - afinal, quem melhor do que a Morte para narrar uma história de guerra?
Temos também Liesel Meminger, que é uma personagem que me cativou do começo ao fim. Acompanhar a aprendizagem dela no porão, seus roubos, crescimento como pessoa é facinante mas o que mais me encanta na personagem é seu amor pelos livros e principalmente a descoberta do poder das palavras - eu, sendo leitora, acho isso totalmente mágico!
Mas além de nossa roubadora de livros, existem ainda uma infinidade de personagens cativantes na história como é o caso de Rudy Steiner, melhor amigo de Liesel; Hans Hubermann, pai adotivo da garota, Max Vandenburg, o judeu e muitos outros personagens que, apesar de secundários, são dignos de ser lembrandos mesmo após a leitura.
O cenário por onde o livro se passa é de uma Alemanha nazista, percorrendo entre o antes à depois da Segunda Guerra Mundial. É um assunto que particularmente sempre me chamou a atenção em minhas aulas de História e só posso dizer que esse foi um ponto crucial que me fez ter vontade de ler. Admito que estórias que possuem esse contexto histórico não são para qualquer um - se você também leu O Menino do Pijama Listrado do John Boyne sabe do que estou falando - mas se estiver disposição, com certeza é uma leitura mais que válida, afinal, "quando a Morte conta uma história, você deve parar para ler."

A Menina que Roubava Livros do autor australiano Markus Zusak e foi publicado pela Intrínseca.

15 de jan de 2014

Nasty by Pixie Lott

Pixie Lott divulgou hoje o vídeo do primeiro single do álbum que leva o nome da própria cantora. Nasty já havia sido gravada antes por Christina Aguilera e Cee Lo Green para a trilha do filme Burlesque (que você precisa assistir!) e, apesar de adorar a versão original, achei que na voz da Pixie ficou tão maravilhosa quanto a anterior! 


Lembrando que o álbum Pixie Lott está previsto para ser lançado em março! Quem está ansioso?

Confira também o clipe Heart Cry da britânica aqui.

14 de jan de 2014

Coming of Age by Foster The People

Provavelmente uma das bandas que eu mais escutei o cd, Foster The People é com toda certeza uma das minhas bandas favoritas. Para a minha felicidade - e de todos os outros fãs - a banda havia anunciado que voltaria com novos trabalhos esse ano e, voilá!

Foi divulgado ontem um vídeo muito bacana de seu novo single, Coming of Ages, onde revelam a arte da capa de seu novo cd, confira:



(veja a capa completa aqui)
Depois de quase três anos desde seu primeiro álbum, Torches, a banda anunciou o lançamento do segundo entitulado Supermodel - que tem previsão para chegar as lojas dia 14 de março!
 Quem está ansioso levanta a mão! o/
ATUALIZADO (06/02): saiu o clipe da música! Confira:

13 de jan de 2014

Séries de livros que espero ler um dia!

Sou leitora assídua desde 2010 e desde lá conheci inúmeras séries maravilhosas, como por exemplo Percy Jackson & Os Olimpianos e Os Heróis do Olimpo (Rick Riordan), Harry Potter (JK Rowling), Jogos Vorazes (Suzanne Collins), Instrumentos Mortais (Cassandra Clare) e muitas outras. Mas como coração de leitor sempre cabe mais uma série, resolvi fazer uma lista com cinco séries que tenho muita vontade de ler que, no entanto, ainda não tive a oportunidade de conhecer, confira:

A MALDIÇÃO DO TIGRE

| AUTOR (A): Colleen Houck | EDITORA: Arqueiro | 
SINOPSE DO PRIMEIRO LIVRO: Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.
Além das capas serem maravilhosas, a temática é bem diferente das que estou acostumada a encontrar e vi muitas pessoas elogiando/amando essa série então é claro que fiquei curiosa para ler.

A SELEÇÃO

| AUTOR (A): Kiera Cass | EDITORA: Seguinte |
SINOPSE DO PRIMEIRO LIVRO: Para trinta e cinco garotas, a Seleção é a chance de suas vidas. A oportunidade de escapar da vida estabelecida para elas desde o nascimento. Entrar em um mundo de vestido brilhantes e joias de valor inestimável. De viver em um palácio e competir pelo coração do lindo Príncipe Maxon. Mas para America Singer, ser Selecionada é um pesadelo. Isso significa virar as costas para seu amor secreto com Aspen, que é de uma casta menor que a dela. Deixar sua casa para entrar em uma competição acirrada por uma coroa que ela não quer. Viver em um palácio constantemente ameaçado por rebeldes violentos. Então, America conhece Príncipe Maxon. Gradualmente, ela começa a questionar todos os planos que fez para si mesma – e percebe que a vida que ela sempre sonhou não é nada comparada com o futuro que ela nunca imaginou.
Mais um caso de capas magníficas que me deixaram com muita vontade de ler a série! Apesar de achar que a ideia de existir uma competição para "arranjar-se" é absurda, fiquei com vontade de ler os livros depois de algumas amigas terem lido e adorado.

FEITA DE FUMAÇA E OSSOS

| AUTOR (A): Laini Taylor | EDITORA: Intrínseca |
SINOPSE DO PRIMEIRO LIVRO: Pelos quatro cantos da Terra, marcas de mãos negras aparecem nas portas das casas, gravadas a fogo por seres alados que surgem de uma fenda no céu. Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de dentes de um demônio está perigosamente baixo. E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo. O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões; fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho. Um romance moderno e arrebatador, em que batalhas épicas e um amor proibido unem-se na esperança de um mundo refeito.
Já ficou óbvio que a capa é uma grande influente para eu querer ler as séries, certo? (risos) Mas além delas, achei o enredo bem esquisito diferente e, sempre, muitas pessoas elogiando a série.

SOCIEDADE SECRETA

| AUTOR (A): Diana Peterfreund | EDITORA: Galera |
SINOPSE DO PRIMEIRO LIVRO: Amy Haskel é editora da revista literária da faculdade e acredita que logo será convocada para a sociedade secreta Pena & Tinta. Mas tudo muda quando ela se torna uma das primeiras garotas convidadas a integrar a Rosa & Túmulo, a sociedade secreta mais poderosa - e infame - do país. Amy vê sua vida virar do avesso depois que se transforma em uma Coveira (como são chamados os integrantes da Rosa & Túmulo) - não consegue estudar, se afasta dos amigos e está prestes a perder seu quase-namorado. E é só o começo. Em nome da sociedade, Amy deverá assumir a liderança de uma grande conspiração que envolve dinheiro e poder, e que tem (grandes) chances de destruir sua vida.
Acho que essa foi uma das primeiras séries que eu ouvi falar quando comecei à entrar em blogs literários mas que até hoje eu não li. As capas são bem bonitas, a ideia de uma sociedade secreta sempre me agrada e a autora é uma fofa no twitter. O motivo por eu não ter lido? Os preços. Tudo bem que já comprei livros até mais caros do que os da série mas ainda assim são um pouco salgados.

MAZE RUNNER

| AUTOR (A): James Dashner | EDITORA: Vergara & Riba | 
SINOPSE DO PRIMEIRO LIVRO: Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho. Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeado por garotos que o acolhem e o apresentam à Clareira, um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar - chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo. Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr, correr muito.
Nunca tinha ouvido falar nada sobre Maze Runner e nem sobre a editora então foi uma grande surpresa quando a série simplesmente apareceu por aqui e conquistou todos de uma forma quase que assombrosa. O filme do primeiro livro está previsto para lançar ainda esse ano.

Fazendo as pesquisas para esse post, descobri que tenho vontade de ler muitas séries além dessas! (risos) Vocês já leram alguma dessas séries ou indicam outras? Comente!

12 de jan de 2014

Playlist: Me & Mrs F (Tom & Giovanna Fletcher)


Vi a Babi Dewet - blogueira, vlogueira e escritora mais fofa do mundo! <3 - falando sobre a versão que o Tom Fletcher (da banda McFly) e sua esposa, Giovanna Fletcher, fizeram para Love Is On The Radio - que vocês podem conferir logo abaixo - e fiquei com vontade de fazer uma playlist com os covers desse casal ultra fofo! Espero que gostem!

Love is On The Radio


How Do You Like Your Eggs In The Morning?

It Ain't Me Babe

Moon River


You Really Got A Hold On Me



O que acharam? Comente!

11 de jan de 2014

A Song About Love by Jake Bugg

Se me perguntassem quais cidades eu gostaria de conhecer, pode ter certeza que Paris estaria na lista. Mas enquanto isso não acontece, me contento em ver os inúmeros clipes que foram gravados na cidade - ainda nessa semana postei o clipe de Heart Cry da Pixie Lott que se passa por lá! - incluindo o recém divulgado A Song About Love do Jake Bugg! Confira:

A Song About Love é faixa do Shangri La, segundo álbum de estúdio do britânico Jake Bugg.

10 de jan de 2014

Conheça a banda Haim!

Considerada uma das apostas do ano passado, a banda Haim veio para ficar! 

Por mais absurdo que pareça, fui conhecer a banda somente no final do ano passado, quando fui procurar quais eram os melhores álbums de 2013, me deparei com o Days Are Gone em praticamente todas as listas e é claro que eu precisava descobrir mais sobre a Haim. O que eu achei? Como o Dug de Up! - Altas Aventuras (eu adoro esse desenho, ok?disse uma vez: "acabei de te conhecer mas já te adoro".

A banda Haim - nome dado por ser o sobrenome das irmãs de Los Angeles Danielle, Este e Alana - tem um estilo pop e folk mas também possuem raízes no rock indie, somados à letras que falam sobre amor  com melodias contagiantes que são a cara do verão. Além disso, também conquistou muita gente por seu estilo de roupas sempre descolado com todo esse ar californiano de ser.


Para quem acha que essas garotas são novatas no ramo, tenho algumas informações que vão fazer você mudar de ideia rapidinho: foram eleitas pela BBC como The Sound of 2013 - posição à qual já pertenceu à Adele e Florence and the Machine; trabalharam em seu debut com o produtor Mike Chapman (Blondie); estiveram em turnê com Jenny Lewis e Julian Casablancas; etc.
Além disso, com o lançamento do álbum Days Are Gone venderam mais de 37.000 cópias no Reino Unido em sua primeira semana, conquistaram a primeira posição dos charts britânicos e dois meses depois ganharam o primeiro disco de ouro com a venda de mais de100.000 cópias, iniciando em seguida uma tour que passou pela América do Norte e Europa.




Confira também as músicas Falling e Go Slow.
A banda Haim, formada pelas irmãs californianas Danielle, Este e Alana, foi eleita The Sound of 2013 pela BBC e seu primeiro álbum de estúdio, Days Are Gone, foi lançado no ano passado pela gravadora Polydor Records.

9 de jan de 2014

Cannonball by Lea Michele


Sou apaixonada pela voz dessa mulher desde o Pilot de Glee e sempre torci muito para que ela gravasse um disco e aqui está o sonho se tornando realidade! Acaba de sair o clipe de Cannonball, primeiro single do álbum Louder, da atriz e cantora Lea Michele. Confira:


Lea é conhecida por seu papel como Rachel Berry no seriado Glee e Louder é seu primeiro álbum de estúdio que tem previsão de lançamento para março desse ano.

8 de jan de 2014

Filmes que quero (muito) ver em 2014

Então 2014 começou (faz mais de uma semana já! O:) e com ele vêm muitas novidades! Acredito que uma das coisas que as pessoas mais esperam para os novos anos sejam os lançamentos - que, no meu caso, são os de livros e filmes! Resolvi fazer uma lista com alguns dos filmes que (mais) estou esperando para esse ano (são todos adaptações de livros mas quem se importa?), confira:

A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS

Por muito tempo, A Menina que Roubava Livros (livro) não me chamou a atenção - achava que era uma história superestimada - mas quando vi esse trailer, me apaixonei pela história! Fiz questão de ir atrás do livro de Markus Zusak (ainda estou lendo, na verdade) e estou bem ansiosa. A previsão de lançamento para dia 31 de janeiro.

CAÇADORES DE OBRAS-PRIMAS

Ainda no clima de Segunda Guerra Mundial, temos o filme Caçadores de Obras-Primas! A adaptação da obra de Robert M. Edsel chamou minha atenção por duas razões: o contexto histórico pela qual passa e, claro, esse elenco incrível que inclui: George Clooney, Matt Damon, Bill Muray, entre outros. Lançamento: 14 de fevereiro.

VAMPIRE ACADEMY: O BEIJO DAS SOMBRAS

Uma das minhas séries favoritas (finalmente) vai ganhar seu filme! Baseado na obra da autora americana Richelle Mead, O Beijo das Sombras é o primeiro livro da série Academia de Vampiros. Sei que as pessoas já não aguentam mais falar de filmes/séries que abordam esses seres fantásticos mas, pessoalmente, foi a única das obras que me agradaram de verdade com essa temática então, por quê não dar uma chance? O Beijo das Sombras tem previsão de lançamento para março aqui no Brasil.

DIVERGENTE

Apesar de não ter me conquistado tanto quanto outras séries, a adaptação do primeiro livro da série Divergente de Veronica Roth é um dos filmes que realmente quero conferir. A estréia do filme está prevista para abril.

A CULPA É DAS ESTRELAS

Um dos meus livros favoritos de todos os tempos, A Culpa é das Estrelas de John Green ganhou adaptação! Confesso que, mesmo os atores sendo bem diferentes do que eu imaginava, gostei muito deles e acho (realmente espero) que vão fazer um ótimo trabalho. Uma pequena curiosidade: ambos os atores protagonistas - Shailene Woodley e Ansel Elgort - fazem parte do elenco de Divergente (o que é bem estranho já que eles fazem um casal em Culpa e no outro eles são irmãos /o\). O filme está previsto para 6 de junho nos EUA.

A ESPERANÇA - PARTE I

Penúltimo filme da trilogia Jogos Vorazes, A Esperança - Parte I é um filme que eu não vejo a hora de assistir! A adaptação dos dois primeiros livros da série de Suzanne Collins foram verdadeiros sucessos dos últimos anos e esse não vai ser diferente! O lançamento está previsto para 21 de novembro desse ano.

Qual é a lista de filmes que você mais espera para 2014? Comente!

7 de jan de 2014

Heart Cry by Pixie Lott


Pixie Lott é uma das cantoras que eu me apaixonei à primeira música (what would my mama do? Uh oh, uh oh...) e nunca mais parei de ouvir. Já fazia um bom tempo que não via trabalhos novos da britânica e resolvi dar uma pesquisada se ela tinha lançado mais alguma coisa - tendo uma resposta mais que afirmativa!

Para a alegria dos fãs, Pixie anunciou sua volta ao mundo da música com lançamento de seu terceiro álbum, entitulado Pixie Lott - com tem previsão de lançamento para março de 2014!

Aposto que tem muita gente ansiosa para ouvir o novo trabalho de Pixie Lott, certo? Mas, enquanto março não chega, já dá para ter um gostinho do que está por vir! Em dezembro foi lançado o videoclipe de Heart Cry, primeira música de trabalho do novo álbum. Confira:


Ainda esse mês, Pixie pretende lançar o primeiro single do álbum, Nasty.

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©